Veja as causas da queda de cabelo após o parto

Veja as causas da queda de cabelo após o parto


Alguns cuidados são fundamentais para tratar este tipo de problema da maneira correta

As alterações hormonais podem causar queda de cabelo no pós-parto As alterações hormonais podem causar queda de cabelo no pós-parto Imagem: Prostock-studio | Shutterstock

O puerpério é um período repleto de transformações para as mulheres, resultado das mudanças hormonais e emocionais. Durante esse tempo, muitas experimentam queda de cabelo devido às alterações nos níveis de hormônios. No entanto, é possível tratar esses problemas capilares de forma eficaz. O primeiro passo é buscar a orientação de um dermatologista especializado em tricologia, profissional capaz de avaliar as necessidades específicas de cada paciente.

Causas da queda de cabelo no puerpério 

O pós-parto é caracterizado por uma diminuição drástica nos níveis de hormônios que estavam elevados durante a gravidez, como a progesterona. Esse hormônio é essencial para preparar o organismo para a gestação e manter a estrutura capilar resistente. 

Após o nascimento do bebê, a perda significativa da progesterona no organismo leva a uma série de mudanças, incluindo uma forte alteração no ciclo de crescimento dos cabelos. Como resultado, os fios podem ficar frágeis e enfraquecidos, levando à queda abrupta.

Normalmente, a perda de cabelo ocorre cerca de três meses após o parto e pode ser acompanhada por afinamento dos fios. Além das mudanças hormonais, outros fatores como estresse, falta de sono e dietas inadequadas também podem contribuir para o enfraquecimento dos fios durante o puerpério.

O ideal é buscar um profissional que poderá avaliar o cabelo da forma correta Imagem: New África | Shutterstock

Tratamento individualizado

Um profissional poderá avaliar o grau da queda, verificar os níveis hormonais e recomendar o tratamento mais adequado, considerando fatores como deficiências nutricionais, saúde hormonal e estilo de vida. É essencial evitar o autodiagnóstico e o uso de produtos e medicamentos sem prescrição, pois isso pode agravar a condição ou causar efeitos adversos.

O tratamento pode incluir suplementos vitamínicos para corrigir deficiências nutricionais, cronogramas capilares focados no fortalecimento dos fios e soluções tópicas para estimular o crescimento. Além disso, recomendações gerais para os cuidados diários são importantes, como o uso responsável de ferramentas de calor, cuidado ao pentear e substituição de enxágues de água quente por água fria ou morna. Com a orientação correta, é possível restaurar a saúde dos cabelos.

Evitar o autodiagnóstico e o uso de produtos sem prescrição é importante para prevenir complicações. Com um acompanhamento profissional adequado e cuidados diários apropriados, é possível superar a queda no pós-parto e manter os fios saudáveis e fortes.

Por Matheus Laz

Educador técnico da Prohall Professional, marca de produtos capilares voltados para cuidado pessoal e estética 





Fonte: Edicase

Bem Estar